cabecalho apta130219

Brasil pode cultivar até 1 mi ha de algodão transgênico até 2015

A liberação do plantio comercial de algodão transgênico no Brasil pode fazer com que o País amplie rapidamente a área destinada às variedades geneticamente modificadas. Segundo estimativas do Serviço Internacional para a Aquisição de Aplicações Agrobiotecnológicas (ISAAA), os produtores nacionais devem cultivar cerca de 1 milhão de hectares de algodão transgênico até 2015, ante os 120 mil hectares destinados para as variedades modificadas hoje. Na avaliação de Anderson Galvão, diretor e representante do ISAAA no Brasil, dados os resultados das pesquisas e da comercialização de algodão transgênico nos últimos 15 anos, seria mais caro ao Brasil não participar desses avanços a aderir ao processo tecnológico. "Os resultados apresentados pela China e Índia no cultivo de variedades transgênicas mostram que é possível adotar a tecnologia mesmo em pequenas propriedades", afirma. Segundo os dados do ISAAA, a Índia foi o país que mais ampliou, em termos percentuais, a área plantada no ano passado, basicamente em algodão. Cerca de 2,3 milhões de agricultores cultivaram 3,6 milhões de hectares, indicando que o tamanho médio das propriedades na Índia é de 1,65 hectare. "Esse número comprova que, ao contrário do que se dizia, o cultivo de algodão transgênico é também acessível aos pequenos agricultores", afirma Galvão.
Pin It

Notícias por Ano