cabecalho apta130219

Balança comercial: exportações aumentam, mas saldo é menor

O agronegócio paulista registrou exportações crescentes em janeiro e fevereiro deste ano na comparação ao mesmo período de 2010 (9,8%), atingindo US$ 2,58 bilhões, mas as importações também crescentes (38,9%), que somaram US$ 1,50 bilhão, contribuíram para uma redução de 15% no saldo comercial, atingindo US$ 1,08 bilhão. Os dados são do Instituto de Economia Agrícola da Secretaria de Agricultura do Estado (IEA).
"Há que se destacar que as importações paulistas nos demais setores - exclusive os agronegócios - somaram US$ 9,89 bilhões para exportações de US$ 4,86 bilhões, gerando um déficit externo desse agregado de US$ 5,03 bilhões. Assim, conclui-se que o déficit do comércio exterior paulista só não foi maior devido ao desempenho dos agronegócios estaduais, cujos saldos ainda se mantiveram positivos, mesmo que decrescentes", explicam os pesquisadores José Sidnei Gonçalves e José Roberto Vicente.
Já as exportações dos agronegócios brasileiros cresceram 23,7% em relação ao primeiro bimestre de 2010, atingindo US$ 11,0 bilhões, para importações 43,6% maiores, somando US$ 4,38 bilhões. O resultado foi superávit dos agronegócios de US$ 6,62 bilhões, 13,4% superior ao do mesmo período do ano anterior. Também nesse caso, o desempenho dos agronegócios sustentou a balança comercial brasileira, uma vez que os demais setores produziram déficit no período. (Veja a íntegra do estudo no site www.iea.sp.gov.br)
INFORMAÇÕES:
Assessoria de Comunicação/Secretaria
Tel: (11) 5067-0069
Euzi Dognani/Adriana Rota/Nara Guimarães

Pin It

Notícias por Ano