Apta

AVES: CONFERÊNCIA DISCUTE A LARINGOTRAQUEÍTE INFECCIOSA

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado São Paulo, por meio de sua Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA) realiza, quarta-feira (14 de setembro), em Campinas, uma conferência para discutir os métodos de diagnóstico e medidas de profilaxia da laringotraqueíte infecciosa das aves (LTI). A abertura do evento contará com as presenças da secretária Mônika Bergamaschi e do adjunto Alberto José Macedo Filho, além do responsável pela CDA, Heinz Otto Hellwig.
Participam representantes da Associação Paulista de Avicultura (APA), Fundação Apinco de Ciência e Tecnologia Avícolas (Facta), União Brasileira de Avicultura (Ubabef), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), Comitê Estadual de Sanidade Avícola (Coesa) de São Paulo, assim como médicos veterinários responsáveis técnicos dos estabelecimentos avícolas do Estado e da CDA.
Também colaboram com a conferência os professores Guillermo Zavala e Maricarmen Garcia, da Universidade da Geórgia (Estados Unidos). Eles estarão em São Paulo, de 10 a 16 de setembro, em supervisão técnica/científica do programa de controle da LTI no bolsão de Bastos e no município de Guatapará.
A visita dos conferencistas foi viabilizada pelo projeto entre o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), CDA e Instituto Biológico da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (IB/Apta), órgão da Secretaria. Os pesquisadores visitarão os laboratórios do IB, em Descalvado, Bastos e São Paulo, o Laboratório Nacional Agropecuário (Lanagro/Mapa), em Campinas, e o Laboratório de Ornitopatologia da Universidade de São Paulo (USP).
LTI – A laringotraqueíte infecciosa das aves é uma doença multifatorial que tem no herpesvírus seu agente etiológico, cuja característica epidemiológica de baixa patogenicidade o torna diretamente dependente de fatores predisponentes para seu desencadeamento. A doença foi notificada nas granjas do município de Bastos em 2002, fato que levou a CDA a desenvolver e implantar um programa específico para seu controle. Em 2009, a doença foi detectada em poedeiras comerciais da região de Guatapará.
PROGRAMAÇÃO:
14h - Abertura
14h30 - Situação da LTI no Brasil – Bruno Rebelo Pessamilio/Mapa
15h - Situação da LTI em São Paulo – Fernando Buchala/CDA
15h20 - Situação da LTI em Minas Gerais – Sérgio Monteiro/IMA
15h40 - Métodos de diagnóstico da LTI disponíveis na rede Lanagro e nos laboratórios credenciados – Dilmara Reischak/Lanagro Campinas
16h10 - pausa para café
16h30 - Métodos de diagnóstico da LTI – Maricarmen Garcia/Universidade da Geórgia
17h - Medidas de Profilaxia da LTI –Guillermo Zavala/Universidade da Geórgia
17h30 - Debate
18h - Encerramento
SERVIÇO:
Conferência “Métodos de diagnóstico e medidas de profilaxia da LTI das aves”
Data: 14 de setembro
Horário: 14 horas
Local: auditório da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati)
Av. Brasil, 2.340, Jardim Chapadão, Campinas/SP
Texto:
Teresa Paranhos
Edição:
Adriana Rota
Atendimento:
Assessoria de Imprensa/Defesa Agropecuária
Teresa Paranhos
Tel.: (19) 3045-3350
Assessoria de Comunicação/Secretaria
Adriana Rota/Nara Guimarães
Tel.: (11) 5067-0069

Pin It

Notícias por Ano