cabecalho apta130219

Aos 122 anos, IAC apresenta novo Laboratório de Análise Química de Fertilizantes e de Resíduos

O Instituto Agronômico (IAC-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, apresenta nesta sexta-feira (26), em Campinas, as novas instalações do Laboratório de Análise Química de Fertilizantes e de Resíduos, como parte das comemorações do seu aniversário de 122 anos. A unidade foi reformada para atender às exigências da NBR ISO/IEC 17025:2005 — norma internacional utilizada por laboratórios de ensaios e calibração e pelos organismos de credenciamento de laboratórios em todo o mundo, que facilita a harmonização de práticas e aceitação mútua de laboratórios no comércio internacional. Este será o único laboratório público no Brasil credenciado para realizar análises de fertilizantes.
O IAC foi fundado em 27 de junho de 1887 pelo imperador D.Pedro II. Exemplo de tradição e modernidade, o Instituto reúne todos os anos motivos para comemorar a permanência, persistência e excelência de uma instituição de pesquisa com 122 anos ininterruptos de trabalho. Durante o evento a partir das 14 horas, a ligação da pesquisa com o mundo rural será celebrada com a apresentação da Orquestra Filarmônica de Viola Caipira de Campinas.
Ainda como parte das comemorações, será entregue o Prêmio IAC para servidores (pesquisador e funcionário de apoio) que se destacaram pela dedicação e competência. Também será conferida, pela primeira vez, a “Medalha Franz Wilhelm Dafert” (primeiro diretor do Instituto). O homenageado será o pesquisador Hermes Moreira de Souza, o grande responsável pela criação do Jardim Botânico do IAC e de outras áreas verdes em Campinas.
O laboratório
O credenciamento coloca esta unidade do IAC em conformidade com os padrões de qualidade consagrados em normas internacionais. O laboratório teve sua estrutura física toda reformada – esta é a primeira etapa para obter o credenciamento junto ao Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial). Entre meados de 2008 e 2009, o Governo do Estado investiu R$ 200 mil na reforma, como parte do projeto de Certificação dos Laboratórios, para adequação da unidade às exigências da ISO17025. A conclusão do processo deve acontecer até março de 2010, com a auditoria do Inmetro.
O credenciamento representa o reconhecimento da competência técnica para realizar análises e atender a demandas de controle nacional e internacional. A importância desse passo é clara. A comprovação das informações prestadas é uma necessidade cada vez maior para quem vende e para quem compra, para quem produz e para quem consome, especialmente no envolvimento de agricultores e empresas fabricantes de insumos agrícolas. Como o produtor rural pode saber se as quantidades de produtos químicos recomendados nos rótulos e aplicados ao solo são suficientes para atender às necessidades das plantas ou se o corretivo destinado ao solo irá produzir o efeito esperado? Isso, sem exceder nas doses para evitar contaminações do ambiente — do próprio solo, da água, do ar e do trabalhador rural? Os excessos nas aplicações representam ainda menos dinheiro no bolso do agricultor, já que esses produtos totalizam até 30% do custo de produção agrícola.
As respostas para essas e muitas outras questões determinantes para o sucesso agronômico vêm das análises químicas. Para ampliar o apoio aos setores produtivos, o IAC passará a oferecer, em 2010, os serviços do Laboratório de Análise Química de Fertilizantes e de Resíduos adequado às exigências da ISO17025:2005, que implementa no laboratório um sistema de gestão de qualidade, tornando-o tecnicamente competente e capaz de gerar resultados válidos. “Além de o laboratório credenciado viabilizar o trânsito internacional de produtos, internamente o mercado está exigindo cada vez mais essa garantia de qualidade”, afirma Aline Renée Coscione, pesquisadora do IAC.
Essa unidade de análises já existe no IAC desde 2004 e a partir do próximo ano estará em funcionamento de acordo com a norma ABNT NBR/ISO IEC 17025, que especifica os requisitos gerais para a competência de laboratórios de ensaios e calibração. “A ISO assegura a confiabilidade na prestação de serviços laboratoriais à comunidade, aos órgãos governamentais e reguladores e na emissão de resultados”, explica a pesquisadora.
SERVIÇO:
Cerimônia do 122º aniversário do Instituto Agronômico (IAC-APTA-SAA)
Data: 26 de junho de 2009, às 14 horas
Local: Sede do IAC – Avenida Barão de Itapura, 1481, Campinas – SP
Informações: (19) 3231-5422
Veja a íntegra da reportagem em "Notícias IAC"
Assessoria de Imprensa do IAC
Carla Gomes
(19) 3231-5422, ramal 124
Assessoria de Comunicação da APTA
José Venâncio de Resende
(11) 5067-0424
Acompanhe a Secretaria de Agricultura pelo Twitter

 

 

Pin It

Notícias por Ano