cabecalho apta130219

Amendoim: inovações tecnológicas contribuem para aumentar e estabilizar oferta antes do plantio e da colheita

As inovações de produtos (novos cultivares) e processos (secagem artificial e principalmente o armazenamento controlado) foram fundamentais para o aumento e a estabilidade dos níveis de oferta durante os meses que antecedem o plantio e a colheita, que em anos anteriores influenciavam a amplitude (variação maior) de preços tanto para o produtor quanto para o mercado atacadista. É o que mostra estudo realizado pelos pesquisadores Renata Martins e Luís Henrique Perez, do Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA), vinculado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento (IEA). No estudo, foi analisada a sazonalidade da oferta e da demanda e sua relação com o novo patamar tecnológico presente na produção do amendoim paulista. O estudo avaliou o comportamento dos preços de amendoim nos níveis de produtor e atacado praticados no Estado de São Paulo no período de 1994 a 2007, agrupados em dois sub-períodos 1994-2000 e 2001-2007. É que “o final da década de 1990 marca o início de um processo de inovações tanto de produtos quanto de processos que imprimiram um novo patamar tecnológico para a cultura”. Os resultados mostraram-se significativos no subperíodo 1994-2000, apresentando maior amplitude na variação de preços e sazonalidade do ponto de vista da oferta, especialmente nos meses que antecedem o plantio e a colheita da safra das águas (agosto a janeiro). Já no subperíodo de 2001 a 2007, a variação de preços apresenta-se menor em relação ao sub-período anterior. Isto foi justificado pelos autores como “reflexo do aumento da oferta, uma vez que a demanda pelo produto também aumentou, tendo em vista a inversão da balança comercial das principais mercadorias da cadeia de produção do amendoim, passando de negativa para amplamente positiva. Fato que demonstra ganhos em qualidade e produtividade”. Martins e Perez acreditam que, para avançar na compreensão do tema tratado e da nova dinâmica presente na cadeia de produção do amendoim paulista, seria interessante abordar os aspectos organizacionais. De qualquer forma, esta metodologia pode ser utilizada no estudo de outras culturas. A íntegra do estudo está publicada em forma de artigo na edição de setembro/2008 da revista Informações Econômicas, cuja versão eletrônica está disponível no site http://www.iea.sp.gov.br. José Venâncio de Resende/Maitê Laranjeira da Silva Assessoria de Comunicação da APTA (11) 5067-0424
Pin It

Notícias por Ano