cabecalho apta130219

ALIMENTAÇÃO:1,5 BILHÃO DE LITROS DE LEITE DISTRIBUÍDOS E 30 MILHÕES DE REFEIÇÕES

Alimentos seguros e de alto valor nutricional. Estas são as duas principais características de dois programas desenvolvidos pelo Governo do Estado de São Paulo, que alcançam, neste Dia Mundial da Alimentação – 16 de outubro, marcas absolutas. São eles: o Projeto Vivaleite e os restaurantes Bom Prato, coordenados pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento, através da Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro). O Vivaleite, que atua em todos os 645 municípios do Estado, beneficiando cerca de 700 mil famílias, destina-se a ao atendimento de crianças de 6 meses a 6 anos de idade e a pessoas com idade superior a 60 anos, pertencentes a famílias com renda mensal de até 2 salários mínimos, por meio da distribuição gratuita leite enriquecido com vitaminas A e D, Ferro (aminoácido quelato) e 3% de gordura. Com a marca de 1,5 bilhão de litros de leite distribuídos, o Governo investiu cerca de R$ 988 milhões no programa. Iniciado em dezembro de 2000, o Bom Prato, que completa 30 milhões de refeições servidas, tem hoje 26 restaurantes em funcionamento (15 unidades na Capital, quatro na Grande São Paulo e sete no interior do Estado), fornecendo 36.800 refeições por dia. O Governo do Estado já investiu R$ 58 milhões no subsidio de R$ 2,25 de um total de R$ 3,25 de custo da comida e a população paga somente R$ 1,00 por uma comida de boa qualidade. Além de atender as necessidades nutricionais, tanto o Vivaleite, quanto o Bom Prato, têm amostras enviadas para análise no Instituto de Tecnologia dos Alimentos (Ital), também da Secretaria. O Ital é um centro de excelência na avaliação e controle de qualidade de alimentos com certificação de qualidade de produtos. Estes programas são também fruto da parceria com entidades do terceiro setor, que são as responsáveis pela gestão. No Bom Prato, o Governo do Estado repassa o recurso e as entidades gerenciam e fazem o restaurante funcionar dentro dos padrões estabelecidos pela Codeagro. Para o Vivaleite, o Governo compra através de pregões o leite in natura de laticínios de todo o estado de São Paulo. Além do aspecto social, o programa absorve 8% da produção leiteira do estado, são quase 10,8 milhões de litros de leite mensalmente adquiridos, gerando renda para o pequeno produtor.
Pin It

Notícias por Ano