cabecalho apta130219

Agrifam 2012: Secretaria de Agricultura mostra ações durante a feira

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo e seus órgãos vinculados (coordenadorias e institutos de pesquisa) estarão presentes na 9ª edição da Feira da Agricultura Familiar e do Trabalho Rural (Agrifam), no período de 3 a 5 de agosto (sexta, sábado e domingo). Realizada pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de São Paulo (Fetaesp), este ano a Agrifam ganhará novo endereço. O evento será realizado, pela primeira vez, no Recinto de Exposições “José Oliveira Prado” – Facilpa, em Lençóis Paulista.
A abertura oficial do evento será nesta sexta-feira, dia 2 e agosto, às 10 horas com a presença da secretária Mônika Bergamaschi, além de técnicos da Pasta, diretores e comissão realizadora da festa e demais personalidades. A expectativa da organização do evento é que a 9ª edição atraia público de 35 mil visitantes e fomente R$ 18 milhões em negócios.
Durante os três dias de feira, os visitantes poderão conhecer os trabalhos realizados pelas coordenadorias e institutos de pesquisa da SAA, consultar os técnicos da Secretaria, adquirir publicações, ter acesso a diferentes serviços e receber orientações gratuitamente, além de poder realizar bons negócios.
Dentro das ações realizadas pela Secretaria, o destaque é o espaço do Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista (Feap), que estará com uma equipe para atender os produtores interessados em adquirir novos tratores, implementos ou financiamento para melhoria na produção rural. O Fundo dispõe dos programas Pró-Trator II e Pró-Implemento, que oferecem taxa de juro zero e até seis anos para pagamento. O Feap conta com mais 24 linhas de crédito para diversas atividades agropecuárias, subvenção do prêmio de seguro rural e taxas de juros diferenciadas.
O Pró-Trator II prevê a subvenção dos juros do financiamento de máquinas nas faixas de potência abaixo de 50 cv e entre 50 e 120 cv, inclusive cabinados. O limite de renda bruta para acesso ao programa foi ampliado de R$ 400 mil para R$ 600 mil ao ano, permitindo que os médios produtores também tenham acesso às linhas de custeio e investimento.
O Pró-Implemento oferece ao produtor a possibilidade de financiar equipamentos ou implementos pelo Banco do Brasil, também com os juros da operação totalmente subsidiados. O teto de financiamento é de até R$150 mil, com prazo de financiamento é de até seis anos, a exemplo do Pró-Trator. Poderão ser adquiridos arados, carretas, cultivadores, distribuidores de calcário, fertilizantes, enleiradores, escarificadores, grades aradoras, grades niveladoras, lâminas dianteira e traseira, pás carregadeiras, plantadeiras, pulverizadores, roçadeiras, semeadores, subsoladores, sulcadores, terraceadores e outros.
A programação da SAA para a Agrifam inclui ainda exposição de projetos e programas da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati), que são direcionados aos pequenos e médios agricultores, como o Projeto Microbacias II – acesso ao mercado. A maquete que será montada no local tem o objetivo de mostrar a interligação entre o campo e a cidade e a agregação de renda à produção e a geração de empregos, diretos e indiretos, que envolvem as cadeias produtivas. Durante os três dias de evento, será realiza a terceira edição da Feira das Associações de Produtores Rurais.
O público da Agrifam também poderá visitar o sítio modelo, espaço para o produtor conhecer todos os serviços disponibilizados pela Cati nos 594 municípios paulistas em que a coordenadoria está presente.
Além disso, a CATI apresentará alternativas ao produtor na área de sementes e mudas, com a exposição de espécies de essências florestais, frutíferas silvestres e arborização e os serviços prestados pelo Laboratório Central de Sementes, demonstrando que é através da análise que os produtores vão conhecer o potencial de germinação das sementes utilizadas, evitando prejuízos e garantindo resultados positivos. A coordenadoria também vai disponibilizar toda a linha de publicações técnicas e instruções práticas para o setor.
Pesquisa
Já o Instituto Agronômico (IAC), vinculado à Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), contará com uma exposição e comercialização das variedades de sementes de grãos, raízes e oleaginosas, frutas, mudas de cafés e a edição do livro “Hortaliças e plantas medicinais: manual prático”. Serão cinco variedades de amendoim; seis diferentes tipos de arroz – entre eles o aromático e o arroz preto; dez variedades de feijão; três de milho; duas de milho, triticale, gergelim, mamona e soja; aveia e de girassol.
Na Agrifam 2012, o Instituto expõe sementes de amendoim com alto teor de ácido oleico – entre 70% e 80%, enquanto as variedades tradicionais têm de 40% a 50% deste componente; também há variedades que apresentam aumento de 30% na quantidade de grãos grandes em relação ao material de maior expressão comercial.
Em relação ao arroz, estarão à disposição dos agricultores variedades com melhor aproveitamento de produtividade para lavoura, forte apelo comercial por produzirem grãos mais longos, finos e translúcidos, com alta qualidade culinária, que podem ser utilizados no preparo de pratos diferentes, como sushi.
Outra variedade que chama atenção é o arroz IAC 600. Primeira variedade de arroz exótico adaptada para o cultivo no Estado de São Paulo, o arroz preto, como é conhecido, tem sabor e aroma acastanhado e ganha cada vez mais mercado. Além de pratos bastante apreciados, o arroz preto serve ao desenvolvimento de novas mercadorias que agregam valor ao produto, como o chope de arroz preto. Com alto valor agregado, a IAC 600 é altamente resistente à brusone e precoce, com intervalo de 85 dias do plantio à colheita, características que a tornam economicamente atrativa.
No espaço do Instituto dentro da Agrifam 2012, os produtores vão poder conferir de perto outro belo trabalho do IAC na cultura do feijão. O IAC-Imperador trata-se de uma cultivar precoce com alta qualidade de grão e produtividade média superior a 2.500 kg/ha aos 75 dias, além de resistente a antracnose e tolerante a murcha de fusarium e a mancha angular.
Com relação às frutas, as variedades serão nêspera, pêssego e Abacaxi IAC Fantástico, que tem como principal vantagem ser resistente a fusariose – principal doença que ataca a cultura do abacaxi no Brasil – e mais produtiva. Os frutos tem cor amarelo intenso, com sabor doce e pouco ácido. As plantas não têm espinhos, o que facilita a colheita.
A Apta Regional vai levar para a 9ª edição da Agrifam, em Lençóis Paulista, tecnologias nas áreas vegetal e de suínos desenvolvidas nas Unidades de Pesquisa e Desenvolvimento (UPD) de Itararé, Itapeva e Capão Bonito, do Polo Sudoeste Paulista, e também no Polo Leste Paulista (Monte Alegre do Sul).
O pesquisador Valdir Josué Ramos, da UPD Itararé/Polo Regional Sudoeste Paulista, apresentará pesquisa realizada sobre a cultura da batata desenvolvida na Unidade, como as cultivares criadas e multiplicadas e outras em fase de registro e lançamento. Todas com alta resistência às principais doenças fúngicas de folhagem e viroses, podendo ser indicadas para o sistema de produção orgânica. Também estarão disponíveis para conhecimento do público as cultivares já em fase de lançamento, entre elas a batata pele vermelha, além de mostrar a tecnologia broto/batata-semente desenvolvida em conjunto com o Centro de Fitossanidade-Seção de Virologia do IAC.
O pesquisador Ricardo Augusto Dias Kanthack, do Polo Regional Médio Paranapanema/Assis irá demonstrar a pesquisa realizada sobre a cultura da mandioca, bem como apresentar variedades para indústria e para mesa. O público da Agrifam poderá conhecer a cultivar IAC 6-0, que tem alta capacidade produtiva, raízes com excelente aspecto visual, película escura, polpa muito amarela, alto teor de carotenóides e vitamina A, boas qualidades culinárias e sensoriais, especialmente no preparo de pratos a base de mandioca.
Projeto bom preço
A Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro) irá fazer a divulgação do projeto Bom Preço do Agricultor, que pode facilitar o escoamento da produção nos 645 municípios paulistas. O projeto viabiliza ações para desenvolvimento da economia regional, através da agregação de valor à pequena e média produção de hortigranjeiros, bem como de produtos agropecuários e agroindustriais.
É por meio do Bom Preço Agricultor que os produtores têm mais facilidade de escoar a produção diretamente até o consumidor. Neste sentido, também serão desenvolvidas campanhas com unidades fixas e volantes de venda para comercialização de produtos de primeira necessidade.
O público que visitar o espaço da Codeagro na Agrifam também poderá conhecer o Instituto de Cooperativismo e Associativismo (ICA), outra ação de destaque desenvolvida pela coordenadoria. Na oportunidade, haverá exposição do trabalho de cooperativas assistidas pelo ICA, além de técnicos de plantão para atendimentos gratuitos.
A Codeagro levará ainda uma estufa modelo, para fazer a divulgação dos projetos Hortalimento e Horta Educativa, e uma ação do Centro de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (Cesans) com distribuição de livros de receitas. O Cesans atua na orientação e conscientização das pessoas sobre a necessidade de uma alimentação balanceada e saudável, oferecendo cursos e palestras nas áreas de nutrição, economia doméstica e geração de renda, visando colaborar com a melhoria da qualidade de vida da população atendida.
Assessoria de Comunicação/Secretaria
Marina Mantovani/Adriana Rota/Melissa Cerozzi
Tel.: (11) 5067-0069
SERVIÇO:
9ª Agrifam
Data: de 3 a 5 de agosto
Horário: das 9 às 17 horas
Local: Recinto de Exposições “José Oliveira Prado” – Facilpa
Endereço: Avenida Lázaro Brígido Dutra, 300 – Lençóis Paulista

 

Pin It

Notícias por Ano