cabecalho apta130219

4º Encontro de Produtores e Dia de Campo de Amendoim reuniu cerca de 200 pessoas no Polo Centro Norte/APTA Regional

O “4º Encontro de Produtores e Dia de Campo de Amendoim” reuniu cerca de 200 pessoas, no dia 7 de fevereiro, no Polo Centro Norte/APTA Regional, em Pindorama, interior de São Paulo. Dentre os participantes estavam 42 produtores de amendoim, 49 representantes de empresas privadas, 18 técnicos relacionados ao setor de ensino e pesquisa, 25 técnicos da área de assistência técnica voltada para a cultura e 37 alunos de diferentes instituições de ensino. O evento foi organizado pelo Polo Centro Norte e o Instituto Agronômico (IAC), de Campinas, ambos ligados à Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo. O público veio de 43 municípios de diferentes regiões paulistas e dois municípios do Estado de Goiás.  
Coordenado pelos pesquisadores Marcos Doniseti Michelotto, da APTA, e Ignácio José de Godoy, do IAC, o Encontro foi dividido em duas partes. A primeira composta por palestras técnicas e a segunda por uma visita aos experimentos instalados no Polo.
O IAC e o Polo Centro Norte vêm realizando pesquisas com o amendoim há décadas. As principais linhas de estudos envolvem o melhoramento genético para obtenção de cultivares com resistência às principais doenças fúngicas foliares e a pragas, além da produtividade e melhor qualidade do produto. Outra linha de trabalho é o uso de maturadores, visando antecipar a colheita, adequando a cultura às áreas de renovação de canaviais. 
A produção de amendoim no Brasil foi de aproximadamente 295 mil toneladas na safra agrícola de 2011/12 e o Estado de São Paulo contribuiu com 90% desta produção, segundo dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).
O Instituto de Economia Agrícola (IEA) estima que em 2012/13 a área ocupada pela oleaginosa no Estado será de aproximadamente 80 mil hectares. Entre os principais municípios produtores estão Jaboticabal, Presidente Prudente, Marília, Tupã, Assis, Barretos, Ribeirão Preto, Catanduva e Lins, que juntos respondem por 85% do amendoim produzido no Estado nesta safra. O produto destina-se principalmente aos mercados externo e interno de confeitaria.
Assessoria de Imprensa – APTA
19 – 2137-0616/613
 
Pin It

Notícias por Ano